Palombar

pesquisa
  • REDE DE MONITORIZAÇÃO DE AMEAÇAS PARA A FAUNA SILVESTRE

REDE DE MONITORIZAÇÃO DE AMEAÇAS PARA A FAUNA SILVESTRE

Reforço da Rede de Sentinelas contra o Furtivismo e Avaliação da Vulnerabilidade da Fauna Silvestre ao Uso Ilegal de Venenos

Scroll Down
É aprovada pelo Fundo Ambiental a candidatura da Palombar "Avaliação da Vulnerabilidade da Fauna Silvestre ao Uso Ilegal de Venenos e Reforço da Rede de Sentinelas contra o Furtivismo", desenvolvida em parceria com a Universidade de Oviedo, em Espanha, que veio reforçar e integrar o projeto Sentinelas para criar uma Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre.

25 Setembro, 2020

Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre

Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre
O Fundo Ambiental - Ministério do Ambiente e da Ação Climática aprovou, em setembro de 2020, a candidatura/projeto da Palombar - Conservação da Natureza e do Património Rural intitulada "Avaliação da Vulnerabilidade da Fauna Silvestre ao Uso Ilegal de Venenos e Reforço da Rede de Sentinelas contra o Furtivismo", a qual tem como parceira a Universidade de Oviedo, em Espanha.

Esta candidatura agora aprovada veio reforçar e integrar o projeto Sentinelas (www.sentinelas.pt) para criar uma Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre. A fusão entre estes dois projetos da Palombar permitirá criar uma rede abrangente e robusta para a deteção de ameaças contra espécies de fauna silvestres em Portugal, englobando ferramentas e métodos interdisciplinares para monitorização e avaliação de riscos neste âmbito.

Desta forma, tendo em conta esta fusão, o projeto Sentinelas passa agora a denominar-se Sentinelas - Rede de Monitorização de Ameaças para a Fauna Silvestre.

Mais informações sobre esta nova Rede serão disponibilizadas no momento oportuno. 

Parceiro Universidade de Oviedo 
Território Rede Natura 2000/Rede Nacional de Áreas Protegidas 
Financiamento Fundo Ambiental - Ministério do Ambiente e da Ação Climática