Palombar

pesquisa
  • CIPT

CIPT

Centro de Interpretação dos Pombais Tradicionais

Scroll Down
A omnipresença dos pombais tradicionais salta à vista de quem percorre a paisagem transmontana, mas as dúvidas que surgem sobre estas estruturas raramente são esclarecidas: Porquê têm diferentes formas? Para que é que servem? Por que é que, muitos deles, estão longe de tudo? O Centro de Interpretação dos Pombais Tradicionais (CIPT) responde a estas questões e levanta muitas outras que vão despertar ainda mais o interesse por este património rural único.

 

O CIPT foi criado em 2014 com o objetivo de dar a conhecer os pombais tradicionais existentes na região do Nordeste Transmontano e, ao mesmo tempo, ser um espaço de partilha de conhecimento das técnicas de construção do património rural. Visa ainda disseminar o conhecimento sobre este tipo de construção e ser o ponto de partida para a descoberta dos pombais e do seu valor cultural, arquitetónico e ecológico.  
Durante a visita, é também possível, na companhia de um mapa, fazer um percurso pela aldeia de Uva, que possui mais de 40 pombais tradicionais, de modo a conhecer de perto estas estruturas arquitetónicas que pontilham a paisagem com a sua alva singeleza, bem como saber mais sobre a sua utilidade. Além dos mais de 40 pombais existentes na aldeia, são muitos os exemplos relevantes de arquitetura tradicional, os elementos naturais dignos de interesse e as histórias a serem partilhadas pelos seus habitantes. 

VISITE-NOS!

Quando?
De segunda a sexta-feira
Das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 17h30
Encerra na Páscoa, no Natal e no Ano Novo

Onde?
Antiga Escola Primária de Uva, concelho de Vimioso

As visitas são guiadas
e sujeitas a marcação

Grupos até 4 pessoas - 20€
Grupos com mais de 4 pessoas - 5€ por pessoa 
Visita gratuita para crianças até aos 12 anos
Marcações
Faça a marcação da sua visita por e-mail ou por telefone
palombar@palombar.pt
+351 964 695 511
+351 926 862 971

Percurso livre
Peça um mapa no nosso Centro e parta à descoberta!