Palombar

pesquisa
  • Estação de Anilhagem de Esforço Constante

Estação de Anilhagem de Esforço Constante

Palombar cria primeira EAEC em Trás-os-Montes em território da Rede Natura 2000

Scroll Down
A Palombar cria a primeira Estação de Anilhagem de Esforço Constante (EAEC) em Trás-os-Montes, localizada na aldeia de Vila Chã da Ribeira (concelho de Vimioso), com o principal objetivo de contribuir para o estudo científico da avifauna presente na região.

25 Março, 2020

Estação de Anilhagem

Estação de Anilhagem
A Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural instalou, em março de 2020, a primeira Estação de Anilhagem de Esforço Constante (EAEC) em Trás-os-Montes, localizada na aldeia de Vila Chã da Ribeira (concelho de Vimioso), com o principal objetivo de contribuir para o estudo científico da avifauna presente na região. Inserida na Zona de Proteção Especial (ZPE) e no Sítio de Importância Comunitária (SIC) Rios Sabor e Maçãs da Rede Natura 2000, esta EAEC encontra-se situada numa área com grande diversidade de avifauna e com habitats essenciais à sua conservação.

A EAEC de Vila Chã da Ribeira foi estabelecida ao abrigo do Projeto Estações de Esforço Constante (PEEC), desenvolvido pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), pela Associação Portuguesa de Anilhadores de Aves (APAA) e pelo Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CIBIO). Esta EAEC é coordenada pela Palombar e o anilhador responsável é o técnico de ecoturismo da organização Luís Ribeiro.

As EAEC realizam, todos os anos, no período de 25 de março a 22 de julho, um máximo de 12 sessões de captura e anilhagem de aves com recurso a redes verticais durante a época de nidificação. A realização dessas sessões permite obter dados de elevada importância para fazer estimativas fiáveis da densidade de adultos e juvenis de espécies de avifauna presentes numa determinada região em cada época de nidificação, de forma a avaliar as suas tendências populacionais.

O objetivo principal do PEEC é estimar a abundância de adultos e juvenis de várias espécies nidificantes no território nacional e contribuir para a monitorização da biodiversidade em Portugal, com informação relevante sobre as suas dinâmicas populacionais. Visa ainda fornecer dados para o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal e para o Atlas das Aves Nidificantes em Portugal, informação imprescindível para o conhecimento sobre o estado atual de abundância e distribuição das aves silvestres no país.

A EAEC de Vila Chã da Ribeira instalada pela Palombar está localizada numa área florestal formada por azinheiras, com grande variedade vegetal, apresentando sub-coberto de estevas e giestas e, junto às linhas de anilhagem, há ainda manchas de carvalho, um lameiro com freixos e uma zona com sebes composta por pilriteiros e silvas.

A Palombar pretende também realizar futuramente na EAEC de Vila Chã da Ribeira ações de formação na área da anilhagem científica, um método de investigação baseado na marcação individual das aves que constitui uma ferramenta indispensável para o estudo científico da avifauna e das suas migrações. A organização tenciona igualmente desenvolver atividades de sensibilização e educação ambiental abertas ao público nesta EAEC e contribuir, desta forma, para aumentar o conhecimento, por parte da comunidade, sobre a biodiversidade do Nordeste Transmontano, tendo como foco a promoção de uma atitude cidadã pró-ativa em prol do desenvolvimento sustentável do território.

Coordenação nacional ICNF/APAA/CIBIO
Território Rede Natura 2000