Palombar

pesquisa

 

Scroll Down

CICLO À DESCOBERTA DO NORDESTE TRANSMONTANO | ZPE RIOS SABOR E MAÇÃS

A última atividade do nosso Ciclo À Descoberta do Nordeste Transmontano realiza-se no dia 2 de novembro, em território da Zona de Proteção Especial (ZPE) Rios Sabor e Maçãs, incluída na Rede Natura 2000, em Matela e Junqueira (Vimioso). Faremos uma caminhada à descoberta da riqueza natural e paisagística da região. Junte-se a nós!
A atividade é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia.

PROGRAMA

Início (ponto de encontro) 9h00 na localidade de Junqueira (Vimioso) – Em frente à igreja. (41°28'52.84"N///6°38'34.70"W)
Fim 17h00 na localidade de Matela (Vimioso)

Número de participantes
Mínimo - 5
Máximo - 15

Nível de dificuldade do percurso
Média

Recomendações
Os participantes deverão trazer roupa e calçado adequado/confortável, protetor solar, água e comida e, ainda, caso possuam, binóculos.

Nota
A Palombar reserva o direito de cancelar ou alterar o programa da actividade no caso das condições atmosféricas não serem propícias à sua realização ou de não haver um número mínimo de participantes inscritos.  

 

SOBRE A ZPE RIOS SABOR E MAÇÃS

Os vales encaixados do Rio Sabor e dos seus principais afluentes (Maçãs e Angueira) marcam fortemente a paisagem desta ZPE. Apresenta relevo montanhoso e troços de vales de diferentes declives. Possui uma grande diversidade de vegetação e tipos de ocupação humana.

As características naturais destes vales, aliada às dificuldades de acesso e à distância a que se situam em relação às zonas urbanas, proporcionam as condições necessárias à nidificação de aves rupícolas, como o britango (Neophron percnopterus), a águia-real (Aquila chrysaetos) e o bufo-real (Bubo bubo). Esta ZPE possui também um dos mais significativos núcleos de águia-perdigueira (Aquila fasciata) nidificantes.

Espécies como a cegonha-preta (Ciconia nigra), melro-de-água (Cinclus cinclus), chasco-preto (Oenanthe leucura), melro-azul (Monticola solitarius), toutinegra-real (Sylvia hortensis) também podem ser vistas nesta ZPE, entre muitas outras.

Envolve os concelhos de Alfândega da Fé, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Miranda do Douro, Mogadouro, Torre de Moncorvo e Vimioso.

 

SOBRE O CICLO À DESCOBERTA DO NORDESTE TRANSMONTANO

O Ciclo À Descoberta do Nordeste Transmontano pretende dar a conhecer a riqueza natural do Nordeste Transmontano, sendo dividido em três percursos, cada um deles num local com uma riqueza natural reconhecida. A atividade consiste numa caminhada, em que serão interpretados alguns dos elementos naturais de cada um dos locais a visitar. Para além do convívio que se pretende promover, o objetivo passa, principalmente, pela sensibilização dos participantes para a grande riqueza natural e imaterial que existe na região e também para a sua importância para um futuro mais sustentável, assim como para o bem-estar das populações.